‘Café com Deus’, é um inusitado café bar ‘cristão’

“Café com Deus” é um curioso bar temático inaugurado recentemente na cidade de Córdoba, na Argentina, onde convida os seus clientes a comerem um saboroso “mandamento”, acompanhado de um fumegante e aromático “apóstolo”, em um refúgio de paz em meio a agitação e ruído cotidiano.

Criado por sete membros do movimento católico da renovação carismática, a cafeteria, que abriu no final de agosto, se tornou em um lugar de reunião para grupos cristãos e um imã para atrair turismos curiosos.

Localizado a poucos metros da Catedral de Córdoba, na rua Obispo Trejo, Café com Deus, oferece um ambiente tranquilo, sem televisão, mas com uma música católica ou evangélica ao fundo, além de fornecer aos clientes publicações católica para aqueles que desejam acompanhar o café com uma leitura.

Há também bebidas alcoólicas, como cerveja ou vinho”, disse à Agência Efe Antonio Melone, um dos sócios da cafeteria.

O cardápio é uma das curiosidades deste lugar, onde, por exemplo, os cafés foram batizados com os nomes dos doze apóstolos.

Há um tipo de café com nome de “Pedro”, e um submarino (chocolate quente), batizado como ‘Judas Tadeu’. Se lhe oferecerem ‘paz’, aceite, pois o café vem acompanhado de um “croissant”, que confortará muito o seu paladar.

Já os sanduiches, tem o nome dos dez mandamentos: se você desejar um de presunto e queijo, você só tem que dizer “amar a Deus acima de todas as coisas”.

O ambiente da cafeteria também tem um mural, com fotos dos papas, santos e fundadores dos movimentos eclesiásticos, ‘destacando o valor da diversidade da igreja’, disse Melone, e a imagem de uma pomba, como símbolo do Espírito Santo.

“Nós queríamos um lugar tranquilo, onde você pudesse tomar café servido por pessoas que têm uma vida de oração, como os garçons não são profissionais, mas tem muita vida interior”, disse Melone.

No entanto, diz ele, a ideia do bar não é impor um sermão religioso ou gerar debates doutrinários. “Não buscamos isso. Este é um café bar como qualquer outro bar temático. Mas deve ser um lugar de paz, onde o primordial é a sabedoria e a reflexão”, diz ele.

Assim, os garçons devem seguir um “protocolo especial”, que inclui não responder queixas e permitir a venda ambulante, algo proibido em bares para não perturbar outros clientes.

No primeiro andar do bar, tem um salão chamado “Cura Brochero”, dedicado a um sacerdote local em processo de beatificação e que é um lugar de reunião de grupos Eclesiastes que não pagam pelo uso, embora devam fazer um consumo mínimo na cafeteria.

Além de clientes habituais, este bar é parada obrigatória ao circuito do turismo religioso de Córdoba, onde se destacam as construções jesuítas.

“As pessoas vem de todos os lados porque os guias trazem os turistas”, afirma Melono, algo surpreendido com a inusitada popularidade do lugar que convida a pensar em Deus e a tomar uma xícara de café.

Traduzido e adaptado de emol por Portal Padom

Portal Padom

Deixe sua opinião