Bombeiros confirmam mortes e 200 desaparecidos em rompimento de barragem em Brumadinho

Rompimento de barragem da Mina do Feijão em Brumadinho, causa mortes e desaparecimento de pessoas.

0
96

Segundo o site O Tempo, o Corpo de Bombeiros confirmou que existe aproximadamente 200 pessoas desaparecidas e pelo menos três mortes confirmada no rompimento da barragem da Mina do Feijão em Brumadinho, em Belo Horizonte.

Informou também ainda, que 100 pessoas foram resgatadas por equipes da corporação, esta pessoas estavam ilhadas em um local de difícil acesso, sendo que destas, duas foram transferidas ao Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte.

O refeitório da unidade da mineradora Vale tinha capacidade para até 200 pessoas. O desastre aconteceu por volta de 13h, no momento em que parte dos profissionais almoçava. Segundo o Corpo de Bombeiros, 30 trabalhadores que estavam no local conseguiram correr e escaparam do desastre.

Uma equipe de bombeiros militares desloca neste momento até o local especificamente para detalhamento de informações“, diz nota dos bombeiros.

Barragem em Brumadinho (MG), se rompe

Na tarde desta sexta-feira, 25, os moradores do município de Brumadinho, MG, foram surpreendidos com o rompimento da barragem da Mina do Feijão, da Vale.

Essa tragédia, vem a pouco mais de três anos, da que ocorreu no município de Mariana, que fica apenas 126 km de distancia.

No desastre que ocorreu nesta sexta-feira, as imagens, mostram a região tomada por um mar de lama. A Vale acionou o Corpo de Bombeiros e ativou o seu Plano de Atendimento a Emergências para Barragens.

A prioridade total da Vale, neste momento, é preservar e proteger a vida de empregados e de integrantes da comunidade”, disse a empresa em nota. A tragédia ambiental de Brumadinho fez cair em 8% as ações 

Bolsonaro, determina ‘força tarefa’ ao socorro de vítimas da Barragem em Brumadinho

O presidente Jair Bolsonaro, na tarde desta sexta-feira assim que soube do rompimento da barragem em Brumadinho, MG, usou suas redes sociais para lamentar o corrido, e informar que já havia determinado uma ‘força tarefa’ para acompanhar o que esta acontecendo.

Lamento o ocorrido em Brumadinho-MG. Determinei o deslocamento dos Ministros do Desenvolvimento Regional e Minas e Energia, bem como nosso Secretario Nacional de Defesa Civil para a Região.“, escreveu o presidente Jair Messias Bolsonaro.

Bolsonaro disse ainda, que a “Nossa maior preocupação neste momento é atender eventuais vítimas desta grave tragédia.”

Deixe sua opinião