O ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, desde quando deixou o governo, tem acusado o presidente Jair Bolsonaro de ter tentando interferir na Policia Federal, sendo esse o motivo pelo qual renunciou o cargo.

A oposição e a imprensa esquerdista, está eufórica querendo que seja revelado o vídeo, de uma reunião ministerial realizada no dia 22/04, em que Sergio Moro afirma que o conteúdo do mesmo, confirma todas as acusações que ele tem feito contra Bolsonaro.

Em um post, na noite de última terça-feira, Moro escreveu dizendo que: “O acesso ao vídeo da reunião ministerial do dia 22/4 confirma o conteúdo do meu depoimento em relação à interferência na Polícia Federal,motivo pelo qual deixei o governo.Defendo,respeitosamente, a divulgação do vídeo,de preferência na íntegra,para que os fatos sejam confirmados.

No entanto, o Presidente Jair Bolsonaro, na mesma noite, meia hora antes de Moro postar, ele postou em seu Twitter que: “– Qualquer parte do vídeo que seja pertinente ao inquérito, da minha parte, pode ser levado ao conhecimento público.”

Teste de coronavírus COVID-19 de Bolsonaro

A oposição e a imprensa desde abril, quando Jair Bolsonaro fez os exames para ver se foi infectado pelo coronavírus COVID-19, acusa o presidente de ter mentido o resultado, pois na época o presidente não mostrou os exames, apenas disse que o resultado deu negativo.

Acusando Jair Bolsonaro de ter mentido, a oposição exigiu na justiça para que o exame fosse apresentado, na esperança de confirmar a sua mentira, para poder mais uma vez exigir o impeachment. O resultado do exame pode ser visto aqui (clique).

Deixe sua opinião