Bebê morto por pai ex-pm é enterrado em GO

0
113

A menina de 1 ano que morreu após ser supostamente agredida pelo pai, o policial militar reformado Abraão Soares Conceição, foi enterrada nesta quinta-feira. Ela ficou internada e teve morte cerebral no dia 20 e resistiu até quinta (25), no Hospital da Criança, em Goiânia (GO).

Segundo a polícia, o pai da criança arremessou a filha contra a parede de casa por duas vezes, após ela se recusar a falar a frase “em nome de Deus”, e depois a agrediu.

O policial reformado foi preso em flagrante, sem roupa na rua, a uma quadra do prédio em que mora com a esposa e a filha, no Jardim Novo Mundo. A polícia acredita que ele tenha sofrido um surto psicótico. Abrão foi afastado do serviço na Polícia Militar de Goiás em 1996 por sofrer de distúrbios psicológicos. Atualmente, ele estudava para ser pastor de uma igreja evangélica.

O bebê teve vários traumas pelo corpo, o mais grave na cabeça, além de dentes quebrados. Desde o momento em que chegou ao Hospital Materno Infantil (HMI), para onde foi primeiro, a criança estava em estado gravíssimo, correndo risco de morte.

A menina foi enterrada no cemitério Parque Memorial, na zona rural de Goiânia.

Fonte: Terra

Deixe sua opinião

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui