Uma imagem de um asteróide que passará pela Terra na quarta-feira, parece mostrar que está usando sua própria máscara.

A imagem capturada pelo Observatório Arecibo em Porto Rico parece que a rocha espacial chamada 52768 (1998 OR2) também praticará seu próprio distanciamento social, pois passará a quase seis milhões de quilômetros da Terra às 5:59 da manhã, horário de Brasília, de acordo com USA Today .

A NASA relata que o asteroide tem entre 1,8 e 4,1 quilômetros de largura. Ele é classificado como “potencialmente perigoso” pela agência espacial, devido à proximidade com a qual chegará ao nosso planeta. 

Mas os cientistas enfatizam que não temos nada a temer com a passagem da grande rocha. Isso dará aos pesquisadores e amantes da astronomia uma excelente visão quando ele poderão apreciar.

“As características topográficas de pequena escala, como colinas e cordilheiras em um extremo do asteróide 1998 OR2, são fascinantes cientificamente”, disse Anne Virkki, chefe do radar planetário do Observatório Arecibo, em comunicado. “Mas, como todos pensamos no COVID-19, esses recursos fazem com que o OR2 de 1998 se lembre de usar uma máscara”.

“Embora este asteróide não seja projetado para impactar a Terra, é importante entender as características desses tipos de objetos para melhorar as tecnologias de mitigação de riscos e impactos”, disse ela.

Desde sua descoberta em 1998, o asteróide tem viajado à velocidade de 20.000 mph. 

Segundo o site da NASA, 30 novos asteróides próximos à Terra são descobertos toda semana. Até agora, a agência descobriu mais de 19.000. 

Se você não possui um telescópio, mas gostaria de ver o asteróide, o Virtual Telescope Project, em Roma, Itália, receberá na quarta-feira uma exibição pública gratuita e online do asteróide. Assista aqui .

Deixe sua opinião