ASSEMBLÉIA DE DEUS DEFINE FUTURO

logocgadb70Até dia 24 ministros escolhem entre Samuel Câmara e José Wellington
Entre os dias 20 e 24 de abril, um pleito decidirá os rumos da Assembléia de Deus, a maior denominação evangélica do Brasil. Dezesseis mil pessoas entre, pastores, presbíteros, diáconos, optarão por uma das duas chapas inscritas para a presidência da Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil (CGADB). Os pastores José Wellington Bezerra da Costa, há dezenove anos no cargo, e Samuel Câmara estão na disputa.
O conclave acontece em Vitória (ES), no pavilhão de Carapina em Serra. Para a eleição deste ano, os organizadores fizeram mudanças: reduziram os prazos de inscrição, além de adotar votação eletrônica e monitoramento de câmeras. A iniciativa tem como objetivo reduzir os problemas no pleito, como o que aconteceu em 2007, quando 7 mil convencionais elegeram a mesa diretora e o conselho administrativo. Outra novidade é o processo de divisão por zonas eleitorais com suporte do Departamento de Informação da CPAD e do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo.

Na chapa 11, o pastor Samuel Câmara pretende ser a renovação, tendo como vice-presidente o carioca Silas Malafaia. Formado em Teologia pelo Instituto Bíblico das Assembléias de Deus (Ibad) em Pindamonhangaba (SP), é bacharel em Direito, pastor presidente da Assembléia de Deus em Belém (PA) e pastor de Honra da Convenção Estadual da Assembléia de Deus no Amazonas.

Câmara quer focar sua gestão no planejamento, grandes mobilizações, evangelismo com foco em jovens e crianças e alternância na presidência, além de ações regionalizadas. “Almejo ver uma Assembléia de Deus forte e consolidada no Brasil, com uma convenção atuante e próxima dos líderes, reafirmando a história e caminhando para o futuro que aponta Jesus Cristo”, declara.

Na chapa 12 está o pastor José Wellington Bezerra da Costa, que assumiu a presidência em 1990. Nascido em São Luís do Curu (CE), ele é formado em Direito, Sociologia e Teologia. Presidente da Convenção Fraternal Interestadual das Assembléias de Deus em São Paulo (Confradesp), é pastor presidente da Assembléia de Deus em Belenzinho (SP).

A eleição de abril será emblemática. O novo gestor cuidará das comemorações do centenário da denominação, em 2011, e participará de debates importantes na 39ª Assembléia, como a nulidade ou anulidade do casamento e os perigos que ameaçam o crescimento da entidade, como os modismos neopentecostais. A campanha, que extrapolou os limites das igrejas e chegou à internet, define o futuro da denominação, já que, segundo pesquisas, de cada dez brasileiros, um será assembleiano até 2010.

COMENTÁRIOS: Quem vai vencer a eleição da Assembléia de Deus? COLOQUE O SEU COMENTÁRIO LOGO ABAIXO

Deixe sua opinião