Franklin Graham e papa Francisco
Pastor Franklin Graham critica o Papa Francisco por tentar normalizar os casamentos de homossexuais

Em uma longa postagem no Facebook na quinta-feira, o evangelista Franklin Graham abordou o endosso do Papa Francisco às uniões civis de mesmo sexo, dizendo que isso contradiz a visão da Bíblia sobre a homossexualidade.

Graham escreveu que os comentários do Papa, que foram feitos no novo documentário Francesco , eram “impensáveis ??à luz da Palavra de Deus”.

Ele continuou destacando a criação da humanidade por Deus em Gênesis e a definição da família como “a unidade social mais básica da sociedade”.

“A Bíblia ensina que quando Deus criou a raça humana“, Ele os criou homem e mulher, e os abençoou…” (Gênesis 5:2), Graham observou. “A primeira família consistia de um marido e uma mulher, depois seus filhos, que é como Deus define a unidade social mais básica da sociedade, a família.”

Mas quando a humanidade pecou, ??Graham explicou que o plano de Deus para o casamento e a expressão sexual entre homens e mulheres foi distorcido pela homossexualidade.

“As mulheres trocaram as relações naturais pelas contrárias à natureza; e os homens também abandonaram as relações naturais com as mulheres e foram consumidos de paixão uns pelos outros…” (Romanos 1:26-27)”, escreveu ele, citando as palavras do apóstolo Paulo.

No entanto, Graham enfatizou que o amor de Deus é “completamente inclusivo” e que os pecadores podem vir a Ele voltando-se para Seu Filho Jesus Cristo em fé e arrependimento. O evangelista afirmou que a aprovação da homossexualidade pelo Papa acaba distorcendo a Palavra de Deus e diminuindo a obra redentora de Cristo.

“Para o Papa Francisco, tentar normalizar a homossexualidade é dizer que as Sagradas Escrituras são falsas, que nossos pecados realmente não importam e que podemos continuar vivendo neles”, explicou. “Se isso fosse verdade, a morte, o sepultamento e a ressurreição de Jesus Cristo não teriam sido necessários. A cruz teria sido em vão. Ninguém tem o direito ou a autoridade de banalizar o sacrifício de Cristo em nosso nome. ”

Graham reiterou o amor de Deus pela humanidade, observando que uma pessoa pode fazer parte de Sua família por meio do arrependimento, de acordo com a Bíblia.

“A Bíblia diz:“ Arrependei-vos, pois, e sede convertidos, para que os vossos pecados sejam apagados, para que venham tempos de refrigério da presença do Senhor ”( Atos 3:19 )”, escreveu ele.

Em seus comentários finais, Graham explicou que a falta de arrependimento acarreta consequências eternas para a alma de uma pessoa e pediu a entrega total a Deus.

“Quero que todos conheçam a verdade e encontrem a paz que advém somente da entrega total de nossas vidas a Ele e aos Seus mandamentos. A consequência de um coração impenitente e incrédulo também é clara na Palavra de Deus – morte eterna”, enfatizou Graham.

“A menos que nos arrependamos e recebamos Sua oferta de perdão, entregando nossa vida a Ele, passaremos a eternidade como parte de uma família diferente quando deixarmos esta Terra – a família dos condenados”, concluiu.

Deixe sua opinião