Arqueólogos israelenses encontram símbolo da fé cristã a partir do século seis

0
125

Uma pequena caixa e primorosamente confeccionada, foi encontrada durante uma escavação em uma rua em Jerusalém, sendo considerada um símbolo da fé cristã de 1.400 anos atrás.

A caixa, esculpida de osso de vaca, cavalo ou camelo, decorada com uma cruz na tampa e medindo apenas 0,8 polegadas por 0,6 polegadas (2 centímetros por 1,5 centímetros), foi provavelmente feita por um cristão em torno do fim da 6 º século dC, de acordo com Tchekhanovets Yana da Autoridade de Antiguidades de Israel, um dos diretores da escavação, onde a caixa foi encontrada.

Quando a tampa é removida, os restos de dois retratos são ainda visíveis na pintura e folheada a ouro. As figuras, de um homem e uma mulher, são provavelmente os santos cristãos e, possivelmente, Jesus e a Virgem Maria.

A caixa foi encontrada em uma escavação fora dos muros da Cidade Velha de Jerusalém nos restos de uma via da era bizantina. Descoberto há dois anos, foi tratado por especialista em preservação e extensivamente pesquisada antes de ter sido revelado em uma conferência arqueológica na semana passada.

Esse achado se tornou importante, porque ela oferece a primeira evidência arqueológica que o uso de ícones no período bizantino não se limitava às cerimônias da igreja, disse Yana.

Parte de uma caixa semelhante foi encontrada há três décadas na Jordânia, mas este é o exemplo bem mais preservado encontrado ate agora, disse ela. Ícones semelhantes ainda são realizadas hoje por alguns cristãos, especialmente das igrejas orientais ortodoxas.

Fonte: Portal Padom

Com Informações urbanchristiannews

Deixe sua opinião

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui