arca-de-noé-Irving-Finkel-redondaA Arca de Noé não era como um longo navio com um arco pontiagudo, como é ilustrado há séculos, mas na verdade ela era redonda como uma grande ‘rosca’, segundo as conclusões de um cientista britânico.

O cientista  chegou a esta dedução devido a uma escrita cuneinforme do Museu Britânico, Irving Finkel, com base nos estudos de uma pequena tabuleta de barro de quase 4 mil anos de idade, procedente da antiga Mesopotâmia (atual Iraque), informou a Associated Press.

O pesquisador mostrou a pequena tabuleta e explicou que nela se encontra as medidas da Arca de Noé, que para grande surpresa de todos “era redonda, com uma superfície de 360 metros quadrados e paredes de seis metros de altura”.

“Uma embarcação redonda faz sentido. Eram amplamente utilizadas por pescadores no antigo Iraque, e eram perfeitamente elaboradas para manter o equilíbrio contra as frenéticas inundações”, explicou.

De acordo com a descoberta de Finkel, a tabuleta também contém instruções para a salvação de animais, em que o navio deve seria inafundavel e os animais tiveram entrar em pares, conforme estabelecido pela Bíblia no livro de Gênesis.

arca-de-noé

“As instruções não contradizem a crença religiosa estabelecida no Antigo Testamento”, em que Deus ordenou a Noé que construísse um barco para salvar sua família e vários pares de animais do grande dilúvio, disse ele.

No entanto, para a decepção de muitos, o especialista acredita que Arca de Noé “nunca foi construída (…) Tenho 130% de certeza”, disse Finkel.

“Eu tenho certeza que a história do dilúvio e um barco para salvar a vida é uma invenção da Babilônia“, acrescentou cientista.


Portal Padom

Deixe sua opinião

Leia também!  Especialistas acreditam ter encontrado a Arca de Noé em uma geleira