Amigos evangélicos, desaparecem em represa

235

Duas pessoas caíram, na tarde de domingo, na represa de Itupararanga, em Votorantim, e estão desaparecidas. Até a tarde desta segunda-feira, bombeiros de Votorantim faziam as buscas para localizar as vítimas que, possivelmente, afogaram-se. Segundo relatos de uma das famílias, João Antônio Suniga Machado, de 28 anos, e Jefferson, de 37 anos, haviam se programado com outros dois amigos para pescarem, no domingo, na represa de Itupararanga. Os quatro frequentam a mesma igreja, são evangélicos. Apesar de o domingo não ter sido ensolarado, muitas pessoas vão à represa como forma de lazer.
Eles pegaram um barco, com capacidade para cinco pessoas, que virou quando dois deles tentaram trocar de lugar. Os quatro estavam sem coletes salva-vidas quando caíram dentro da água.
Dois deles conseguiram nadar de volta até o barco e salvar-se, os outros estavam mais afastados e não se salvaram. Os sobreviventes pediram socorro a outras pessoas que chamaram o Corpo de Bombeiros de Votorantim.
Uma equipe de mergulhadores esteve na represa e iniciou as buscas, mas já passavam das 16h, e logo escureceria. A represa tem muitas dimensões, tanto de profundidade quanto de extensão. Até uma certa profundidade a água é límpida, depois começa a ficar turva, obrigando os mergulhadores a rastrearem as vítimas pelo tato.
Escureceu o domingo e as buscas foram suspensas, sendo retomadas na manhã desta segunda-feira. No entanto, até às 17h30 os corpos não haviam sido encontrados. As buscas serão retomadas nesta terça-feira. De acordo com os bombeiros, se houve afogamento, os corpos deverão emergir em três dias.
Jornal Cruzeiro do SUl / Padom

Deixe sua opinião