americano-explode-cachorro-por-estar-possuídoUm homem que vive no estado de Washington, EUA, foi preso por explodir o seu animal de estimação, uma cachorra, porque, em suas palavras, ele estava convencido de que o animal estava possuído pelo demônio.

Às quatro horas da manhã do último domingo, os vizinhos do condato de Skamania, onde ocorreram os fatos, informaram à polícia que houve uma explosão em uma das casas da vizinhança. Após a chegada, os policiais encontraram os pedaços do corpo de um animal dispersos por um pátio.

De acordo com o relatório oficial, o dono da casa, Christopher Dillingham, que tem um negócio de fogos de artifício, amarrou no pescoço do animal um dispositivo explosivo e detonou.

O homem, de 45 anos, explicou que o seu cão, da raça Retriever Labrador, chamada Cabella, estava possuída pelo demônio e ao fazê-la explodir, acabaria com o seu “sofrimento diabólico”.

Dillingham disse que Cabella pertencia a um amigo de sua ex-noiva, que não podia mais cuidar do animal e entregou a ele. Ele disse ainda que antes de levar o animal para sua casa, sua ex-namorada “colocou o diabo dentro da cachorra”.

Segundo o site RT, o homem está preso, mas vale ressaltar que sobre ele já pesava a acusação de violência domestica, conduta irresponsável e posse de um artefato explosivo, mas ele não será julgado por crueldade contra o animal, já que segundo as autoridades, é necessário provas do sofrimento do animal, algo, que aparentemente não aconteceu, porque teve morte instantânea.

Deixe sua opinião