Olha so o jeito do "cabra", será que ele também é gay? - Amados, em Romanos 1:32 diz que os que aprovam a "homossexualidade" receberá o mesmo castigo que os próprios "homossexuais"

Olha so o jeito do "cabra", será que ele também é gay? - Amados, em Romanos 1:32 diz que os que aprovam a "homossexualidade" receberá o mesmo castigo que os próprios "homossexuais"

A traição de Cabral é um soco no rosto dos cristãos do Rio de Janeiro
Quando era senador Sérgio Cabral entrou em 2003 com a Proposta de Emenda Constitucional 70, que tinha por finalidade alterar o artigo 226 da Constituição Federal para inserir o ‘casamento’ homossexual na Carta Magna, todavia até 2006 a PEC ainda não havia sido votada.
Em 2006 foi lançado candidato ao governo do estado do Rio e para receber o voto de católicos e evangélicos no segundo turno, por exigência do senador cristão Crivella, ele teve que ir a Brasília e pedir o arquivamento da PEC 70. Feito isto Cabral então foi eleito com apoio de lideranças cristãs.
Já eleito, dois anos mais tarde Cabral entrou com uma ação no STF pedindo a aprovação do ‘casamento’ gay para servidores públicos do RJ, o que foi aprovado pelo STF na sexta-feira (06/mai).

O Jornal do Brasil escreveu sobre a reação de Cabral, após a ação do STF:
“Em seu perfil no Twitter, o governador agradeceu o empenho da Procuradoria Geral do Estado e da Casa Civil em impetrar o recurso. – Estou muito feliz com a decisão do STF! Nosso governo pediu uma nova interpretação da união estável. Os ministros foram extraordinários! Demonstraram compromisso com o estado democrático de direito. Na verdade, a opção sexual dos brasileiros deixa de ser uma restrição de direitos – disse Cabral.”

O casamento gay foi legalizado no Brasil (vários pastores e padres do Rio tem participação nisto)

Fonte: Holofote / Portal Padom

ATENÇÃO: Assine você também a Petição Pública Contra a PL 122, AJUDE-NOS CLICANDO AQUI, é rápido e seguro – PRECISAMOS DE 1 MILHÃO DE ASSINATURAS

Deixe sua opinião