JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗

Adeptos de futebol protestantes “festejaram” domingo a conquista do título escocês do Glasgow Rangers com o espancamento até à morte de um cidadão católico em Coleraine, em novo sangrento episódio de violência religiosa na Irlando do Norte.
Segundo a polícia, várias testemunhas disseram que mais de 20 adeptos do Glasgow Rangers, em que actua o português Pedro Mendes, envergando a camisola e cachecóis do clube, deslocaram-se ao bairro católico de Coleraine onde perpetraram o homicídio.“Atacaram literalmente a primeira pessoa que surgiu no seu caminho”, acusou Billy Leonard, um antigo polícia e político do partido nacionalista irlandês Sinn Fein, referindo-se a diversos carros cheios de extremistas anticatólicos armados.
Kevin McDaid, de 49 anos, foi mortalmente atacado, enquanto a sua esposa, Evelyn, e um vizinho de 46 anos, Damien Fleming, ficaram feridos, sendo que este está em estado crítico.
O reverendo protestante da cidade, Alan Johnston, disse que os adeptos do Glasgow Rangers beberam demasiado nos pubs de Coleraine enquanto assistiam ao jogo pela televisão e que depois atravessaram a ponte para a área católica, em Somerset Drive.
Um político católico, John Dallat, imputou a responsabilidade do ataque ao grupo paramilitar Associação de Defesa do Ulster.
O Glasgow Rangers é apoiado pela comunidade de protestantes ingleses na Irlanda do Norte, enquanto o rival Celtic, também de Glasgow, tem a sua base de suporte nos católicos irlandeses.

Jornal Record/www.padom.com

Deixe sua opinião