Manny Pacquiao tem prazer em compartilhar a Palavra de Deus por onde vai

O boxeador filipino Manny Pacquiao defendeu com sucesso seu título da WBA duas vezes no ano passado, derrotando Adrien Broner e Keith Thurman e provando sua coragem no ringue de boxe mesmo aos 41 anos. Mas para Pacquiao, há uma paixão maior do que ser um campeão de boxe, ele tem prazer em compartilhar e espalhar a Palavra de Deus de Deus por onde passa.

Pacquiao atribui seu sucesso no ringue a Deus e ao trabalho duro, e ele sempre falou sobre sua fé cristã.

Como membro do Senado das Filipinas, Manny Pacquiao foi o autor da lei que declarou a última segunda-feira de janeiro como o Dia Nacional da Bíblia nas Filipinas. Pessoas de todos os pilares da sociedade – governo, entretenimento, negócios e igreja – se unem neste dia para celebrar a Bíblia Sagrada como o berço da fé cristã. E 100.000 Bíblias foram impressas para que este evento fosse entregue aos diferentes setores da sociedade.

No evento do Dia Nacional da Bíblia, nesta semana, Pacquiao prestou seu testemunho e lembrou a todos o poder da Palavra de Deus. Ele também os desafiou a compartilhar a Bíblia o mais rápido possível, especialmente neste momento de tantas calamidades nas Filipinas e em todo o mundo.

O apologista de renome mundial Dr. Ravi Zacharias diz que é a hora certa de pregar o evangelho.

“As calamidades naturais estão nos fazendo perceber como somos frágeis. Deus leva uma pessoa a um momento em que ela precisa perceber que eu não posso fazer isso, Deus faz isso”, disse o Dr. Zacharias.

O Bispo Efraim Tendero, Secretário Geral da Aliança Evangélica Mundial, diz que eles também marcaram 2020 como o Ano da Bíblia, instando 600 milhões de cristãos em todo o mundo a espalhar a Palavra de Deus.

Ele disse: “Queremos ter esse reconhecimento do papel da Bíblia na vida da comunidade, na vida familiar e na vida nacional”.

Pacquiao dirigiu-se à audiência dizendo: “A Bíblia é o único livro que precisamos descobrir a verdade fundamental de como conhecer e andar com Deus”.

Pacquiao ficou triste com a morte repentina do amigo Kobe Bryant. Ele espera que os relatos de que Bryant recebeu Cristo sejam verdadeiros. “A vida é muito curta neste mundo. Portanto, verifique se você tem um relacionamento pessoal com Deus. Você tem um relacionamento forte e obedece a Deus”, disse ele.

Mais uma vez, ele enfatizou a importância de ler a Palavra de Deus: “Leia a Bíblia, porque ela o levará a toda a verdade. A Bíblia é o manual da vida”.

Deixe sua opinião

WhatsApp
Entre e receba as notícias e artigos do dia