A maioria de nós pensamos que a oração é uma via de mão única onde vamos a Deus para pedir o que precisamos. Essa compreensão da oração é uma triste declaração da percepção egoísta que o homem tem de Deus. 

Deus é um Pai que ama dar coisas boas a Seus filhos. No entanto, Ele não é apenas um Doador, mas um Pai que ama um relacionamento com Seus filhos.

Sabemos que um relacionamento se baseia na comunicação entre as partes interessadas. A oração é uma forma de comunicação que sustenta nosso relacionamento com nosso Pai celestial. 

A maioria carece dessa compreensão e, portanto, perde o ponto da essência do que é a oração. 

Jesus estava em constante comunhão com Seu pai. Ele só falou o que ouviu Seu Pai dizer e só fez o que viu Seu Pai fazer. Também devemos ansiar por esse relacionamento com nosso Pai celestial.

Nós oramos

Nós vamos a Deus em adoração e O reconhecemos como nosso Pai no céu. Jesus nos ensinou a orar dizendo “Pai nosso que está nos céus”. Esta oração é a nossa maneira de ir ao Pai para pedir que Ele supra nossas necessidades de pão de cada dia, perdão dos pecados e libertação de todo o mal. 

A maioria de nós adquiriu o hábito de fazer essa oração diariamente. No entanto, há um segundo aspecto desta oração onde dizemos “Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu”. 

Como sabemos o que fazer para estabelecer Seu Reino na terra como é no céu? Só podemos saber disso ouvindo-O por meio de Sua palavra e dos dons do Espírito.

Deus responde

Deus fala por meio de seus pastores, evangelistas, profetas, professores e apóstolos e revela Sua mente à Sua igreja. 

É por meio dessas revelações que sabemos quais são os planos de Deus e como estabelecê-los na terra. Ele também fala diretamente a nós, Seus filhos, e revela Sua vontade a nós individualmente. 

Ele já traçou um plano para cada um de nós antes mesmo de nascermos. Agora é nossa parte conhecer Seu plano e executá-lo. Como podemos conhecer Seu plano se deixarmos de buscá-Lo? 

É no lugar secreto da oração que conhecemos a mente de Deus para cada um de nós. Mais tempo gasto em oração produzirá mais frutos do que trabalhar para construir em nossas próprias forças. É Deus quem constrói Sua igreja e não o homem. Procuremos hoje ouvi-Lo e fazer o que Ele nos orienta.

por: Dr. John Mathai

traduzido e adaptado por: Pb. Thiago D. F. Lima

Deixe sua opinião