A MULTIDÃO PODE ESTAR ERRADA

multidaoerradaQuantas vezes na sua vida você tem se justificado com a desculpa. Bem, se todo mundo está agindo assim, então está certo?. Desde a primeira vez em que você colou, numa prova no primário até hoje, sonegando impostos, fazendo um negócio desonesto, mentindo aos seus pais, ou seja qual for a sua fraqueza, você sempre fugiu de uma consciência dolorida, com a idéia de que se a maioria está pensando assim, então não pode ser errado. A pressão social da conformação é grande em nosso mundo: mas será que o nosso padrão não está baseado em algo errado? Você nunca pensou que a “turma” pode estar enganada? Não seria a primeira vez na história do mundo.

Quando Colombo veio para cá de navio, a maioria disse: “Não vai dar certo: o mundo é plano e você cairá num abismo”. Mas ele víajou e provou que a maioria estava enganada.

Em meados do século XIX, Adum Trompson encheu de água a primeira banheira. Qs médicos daquela época disseram que tomar banho assim ia resultar em reumatismo ou inflamação dos pulmões. Muitas cidades proibiram a instalação de banheiras nas casas; mais uma vez a maioria ficou decepcionada.

A Inglaterra tinha uma lei proibindo que os veículos andassem mais do que 8 quilômetros por hora. Tinham medo de que o motorista ficasse sufocado ou sofresse uma ruptura da coronária. Depois mudaram a lei e exigiram que alguém andasse a frente dos veículos com uma bandeira vermelha, avisando do perigo. Mais uma vez a maioria estava errada.
Chamaram Westínghouse de louco quando disse que seria possível parar um trem usando ar Hoje este sistema de freios é usado no mundo inteiro. A maioria estava errada.

Por mais de 11 anos um indivíduo chamado “Goodyear” trabalhou procurando vulcanizar a borracha. Todo mundo ria dele, mas hoje é um dos homens mais conhecidos em pneus. A maioria estava errada.
Hoje a maioria ainda está enganada. Agora você me pergunta: “Quem lhe disse isso?” Respondo: “Jesus Cristo”. Ficou surpreso? Ele disse: “Entrai pela porta estreita; larga é a porta e espaçoso o caminho que conduz para a perdição e são muitos (ou a maioria) os que entram por ela; porque estreita é a porta e apertado o caminho que conduz para a vida, e são poucos (ou a minoria) os que acertam com ela” (Mateus 7:13 e 14>.

Amigo, você faz parte da maioria? Então está enganado quanto aos assuntos espirituais. Você não está discutindo comigo; a sua briga é com a Palavra de Jesus, o Filho de Deus. Ele quem disse que você está enganado Os homens querem fazer da Salvação uma coisa que eles ganham ou merecem, quando a Palavra de Deus diz: “Porque pela graça sois salvos, mediante a té; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie” (Ef. 2:8-9); “Não por obras de justiça praticadas por nós, mas segundo sua misericórdia, ele nos salvou mediante o lavar regenerador e renovador do Espírito Santo” (Títo 3:5); “Visto que ninguém será tustíficado diante dele por obras da lei, em razão de que pela lei vem o pleno conhecimento do pecado” (Romanos 3:20).

Leia de novo. Compreenda que a salvação não está dependendo da sua religião, nem da minha; não é o seu batismo, nem o meu, não são as suas boas obras, nem as minhas, não é nada disto e sim uma nova vida que conta. “Se com a tua boca confessares a Jesus como Senhor, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo, Porque com o coração se crê para a justiça, e com a boca se confessa a respeito da salvação” (Romanos 10:9-10).

Quem lhe disse que a maioria está sempre certa? Tenha o cuidado de não ser enganado quanto ao destino da sua alma.

Deixe sua opinião