Baal era um deus falso: o irresponsável rei judeu Acabe e sua cruel esposa, Jezabel, tentaram forçar a nação de Israel durante o tempo do profeta Elias (ver 1 Reis 18). Consequentemente, durante esse tempo tumultuado, a maioria dos judeus manteve sua fé e identidade exteriormente, mas se curvou a Baal quando necessário para apaziguar Jezebel, assim como a cultura dominante.

O mesmo está acontecendo hoje com os chamados cristãos que adotam visões anti-bíblicas que honram a cultura predominante, mas desonram a Deus.

Durante sua oposição a Jezabel, Elias se cansou porque ninguém mais se apresentou para ficar com ele e o Senhor. Naquele momento, Deus disse a ele que havia um remanescente de 7.000 que não haviam inclinado o joelho para Baal (veja 1 Reis 19 e Romanos 11: 2-4).

O desafio que Elias teve foi que a preponderância desse remanescente estava escondida em cavernas (veja 1 Reis 18:13), deixando-o sozinho para combater as forças obscuras que agiam através do sistema político.

Nos dias atuais, parece também que existe apenas um remanescente de igrejas e crentes confessantes com base na Bíblia que desejam se manifestar contra as forças do inferno se manifestando através de ativistas intolerantes que querem abolir a primeira emenda, silenciar a liberdade religiosa e silenciar toda a oposição através das leis de Jezebel.

No contexto deste artigo, eu uso o termo “adoração a Baal” ou “reverência a Baal” para se referir aos cristãos professos que consentem com o mundo e comprometem a Palavra de Deus.

A seguir estão 10 sinais de que você já dobrou o joelho para Baal:

1. Você aceita, celebra e ensina que Deus abençoa formas alternativas de casamento e família que desonram o Deus da Escritura.

Jesus disse “no princípio Deus os fez macho e fêmea …” ao afirmar que a forma de casamento que Ele afirmou era entre um homem e uma mulher (veja Mt 19: 4-6). Não casamento entre um homem e várias mulheres, robôs (humanóides?) Ou outras expressões não-bíblicas fora desta rubrica de um homem / uma mulher. Realmente manter essa visão bíblica do casamento tornou-se o sinal revelador da fidelidade às Escrituras ou do compromisso cultural.

2. Você vive os valores da cultura pop mesmo quando colidem com o caminho de Jesus.

Muitos “crentes” que adoram Baal (que frequentam a igreja) podem não dizer ou pregar coisas erradas, mas suas escolhas de vida desmentem e traem a fé que uma vez foi entregue aos santos (ver Judas 3).

3. Você tem medo de representar a Cristo em público por medo de perseguição

Muitos crentes se deixam intimidar pela cultura tradicional e se curvam diante de Baal por causa de seu intenso desejo de “se encaixar” com a multidão. Eles ignoram o fato de que Jesus ensinou que os perseguidos pela justiça serão abençoados (ver Mateus 5: 11,12).

4. Você coloca a felicidade pessoal acima da vontade de Deus.

Muitos “cristãos” desejam acima de tudo uma vida de conforto e facilidade. Muitos foram falsamente levados para uma igreja com as falsas alegações do evangelho da prosperidade. No entanto, no momento em que sua qualidade de vida é ameaçada legalmente, eles se prostituem tão baixo antes de Baal que eles vão entupir o nariz com o pó do chão!

O apóstolo João tinha algo a dizer a você quando ele advertiu os crentes a não amarem o mundo nem as coisas do mundo (ver 1 João 2: 15-17).

Seu desejo de felicidade faz com que você adore a Deus somente quando conveniente, o que significa que você se curva a Baal quando é inconveniente!

5. Você ama o louvor dos homens mais do que os louvores de Deus.

Você é tão inseguro que se curva a Baal e vende sua alma pela afirmação de seus colegas de trabalho, vizinhos e cultura.

O apóstolo João ilustrou sua vida quando escreveu que muitos dos governantes entre os judeus acreditavam em Jesus, mas tinham medo de confessá-lo porque amavam mais os louvores dos homens do que a aprovação de Deus (ver João 12: 42-43). Além disso, o apóstolo Tiago disse que a amizade com o mundo é estar em inimizade com Deus (ver Tiago 4: 4). Em seu desejo de apaziguar o mundo, você não é amigo de Deus e do amigo Baal.

6. Você não tem uma cosmovisão bíblica.

Sua visão da realidade e da verdade é moldada mais pela cultura secular do que pelas Escrituras. De fato, suas escolhas de estilo de vida demonstram que você eleva os valores, pontos de vista e visão da cultura secular acima da Palavra de Deus. No entanto – um dia – enquanto o mundo e seus adoradores de Baal estão lambendo a poeira em desgraça, aqueles que lideram muitos para a justiça brilharão como as estrelas no firmamento (veja Dan. 12: 2-3). Sua ignorância e falta de perseguir a verdade bíblica são sua queda, resultando em sua patética reverência a Baal.

7. Você acredita mais em idéias de pensamentos perigosos de um grupo.

Em vez de estudar as Escrituras com o objetivo de cultivar o temor do Senhor e discernimento para que você possa aplicar Sua verdade na cultura, você acredita e avança superficialmente as visões da cultura pop, da mídia secular ou do seu partido político sem cavar abaixo da superfície. Conseqüentemente, você se curva ao Baal de críticos de celebridades que vivem da sua ignorância.

8. Você procura primeiro “auto-realização” em vez do reino de Deus.

Jesus chamou Seus verdadeiros seguidores para perder sua vida para que possam encontrá-la (ver Marcos 8:35). Alguns pregadores populares seduzem as pessoas, prometendo-lhes que podem ser fiéis a si mesmos e a seus desejos enquanto servem a Deus. Isso só é verdade se uma pessoa se deleitar no Senhor (ver Salmos 37: 4), o que permite que Deus confie em seus desejos, uma vez que eles emanam de um amor por Ele.

Neste mundo, o princípio mais sagrado é a auto-realização. Nas Escrituras, o ato mais razoável é oferecer seu corpo inteiramente a Deus, de modo a não se conformar com este mundo (veja Rom. 12: 1-3).

Se o seu principal desejo na vida é a auto-realização, você se dobrará ao deus do amor de Baal. Se o seu principal desejo é a adoração do único Deus verdadeiro, a sua vida pessoal será crucificada para que Cristo possa viver através de você (veja Gálatas 2:20).

9. Você é mais devoto de um partido político do que ao seu reino.

É tão fácil permitir que outras pessoas e / ou grupos pensem e falem por você. O problema disso é que, em um sistema bipartidário como o que temos nos EUA e Brasil, é virtualmente impossível para uma entidade política que depende de jogar em sua base para permanecer no poder, permanecer sempre fiel aos padrões bíblicos.

Portanto, quando você apoiar cegamente seu partido político ou líderes (por causa de direitos, cor da pele, racismo, empoderamento econômico ou retórica), você sempre se encontrará às vezes curvando seu joelho para Baal.

10. Sua identidade é intencionalmente moldada por outras coisas além do design de Deus para você.

Como um amante de Deus, você deriva sua identidade principalmente do fato de ser um filho de Deus (ver Efésios 1: 3-7, 1 João 3: 1). Quando sua identidade primária emana de sua etnia, vocação ou preferências sexuais, você curvará seu joelho a Baal sempre que tiver que escolher entre essas coisas e os padrões bíblicos.

por: Joseph Mattera

Traduzido e adaptado por: Pb. Thiago Dearo

Deixe sua opinião