Os cristãos muitas vezes conhecem a história da Torre de Babel (uma estrutura em zigurate de tijolos) como um relato do evento em que várias línguas do mundo se originaram. Na história, um grupo de pessoas quer criar uma torre que chegue aos céus, para que possam fazer seu nome (Gênesis 11).

Em essência, eles queriam se tornar como Deus.

Deus, vendo isso, confunde as línguas deles, então eles não conseguem se comunicar e tiveram que desistir do projeto.

Embora a história abranja apenas nove versículos, este artigo irá mergulhar em alguns fatos menos conhecidos sobre a Torre de Babel. Aqui estão dez coisas que os cristãos devem saber sobre esta torre: 

1. Você não encontrará ‘a Torre de Babel’ na Bíblia

Você pode abrir sua Bíblia e dizer: “Ei, o cabeçalho desta seção diz a Torre de Babel”.

Permita-me explicar.

Primeiro, os cabeçalhos não foram adicionados às Bíblias até muito depois de terem sido escritos. A inerrante palavra de Deus original não continha versículos, capítulos ou títulos. Os teólogos acrescentaram esses mais tarde por conveniência e propósitos organizacionais.

Então, tecnicamente, os títulos não são a Palavra de Deus inerrante.

Porém, mais adiante no texto, você verá a palavra “Babel”. No entanto, isso se refere a toda a cidade que eles tentaram construir antes que Deus introduzisse várias línguas. Eles não pretendiam apenas construir uma torre, mas também uma cidade.

2. As pessoas que o construíram eram da terra de Sinar

Muitas pessoas pensam que isso é na Babilônia. Afinal, algumas versões da Bíblia (Daniel 1:2) parecem indicar que Babilônia teve posse daquela terra em um ponto. Muitas pessoas acreditam que a Torre de Babel foi construída no que mais tarde seria o Reino da Babilônia, como os israelitas a conheceram quando foram levados para o cativeiro.

Mas várias teorias surgiram ao longo da história sobre a localização exata da torre, nenhuma completamente conclusiva .

3. A Torre de Babel foi construída para desobedecer a Deus

Alguém pode olhar para a história da Torre de Babel e dizer: “O que aconteceu? Por que importa se eles querem construir uma torre ou cidade? ”

Foi aqui que as pessoas erraram:

  • Orgulho e arrogância
  • Desobediência direta às ordens de Deus para encher a terra e continuar se espalhando. Eles decidiram se estabelecer em Sinar e se desenvolver o máximo possível.
  • Astrologia possível e adoração politeísta. Muitos acreditam que a Torre de Babel era uma estrutura em zigurate, uma estrutura usada para adorar deuses nos céus. Portanto, isso seria adorar descaradamente outros deuses em vez do único Deus Verdadeiro.

4. O Povo de Sinar falou …?

Que língua o mundo falava antes de haver muitas línguas?

Embora não deva ser nenhuma surpresa que não haja nada conclusivo, muitos atribuíram a linguagem que falaram:

  • Adâmico / Edênico – Desde Adão sendo o primeiro homem na terra, seja qual for a língua que ele falou
  • Noanica – qualquer que seja o idioma que Noé falou após o Dilúvio
  • Hebraico antigo – para responder por que Moisés podia ler textos pré-Babel
  • Semítico – algum idioma semítico falado por todas as pessoas na época.

Não importa o que seja, após o início da construção, as pessoas saíram com vários outros idiomas.

5. A Torre de Babel foi construída de tijolos e alcatrão

Extraído de Gênesis 11:3 , isso se encaixa na teoria de que eles construíram a torre na forma de um zigurate. Os tijolos de lama formavam o núcleo das estruturas do Zigurate.

6. Em Gênesis 11:7, Deus confunde a linguagem dos babilônios para espalhá-los 

Deus deu uma ordem para que as pessoas fossem fecundas, se multiplicassem e enchessem a terra ( Gênesis 1:28 ). O povo desobedeceu ao se estabelecer.

Sim, ele confundiu a linguagem deles para impedi-los de construir uma estrutura que tinha possíveis propósitos astrológicos. Mas também confundiu as línguas deles para ajudá-los a obedecer ao seu comando.

7. Para os cristãos de hoje, a Torre de Babel simboliza o nascimento de muitas línguas

Mas também, representa o que acontece quando você tenta frustrar o plano de Deus ou se colocar no lugar de Deus. Isso nunca vai funcionar. O plano de Deus acontecerá independentemente de a pessoa construir uma torre ou não.

8. A história da Torre de Babel reflete nossa natureza humana

Embora possamos encontrar essa história na escola dominical, não é comum ouvi-la do púlpito ou em nossos devocionais matinais .

Mas muitas vezes podemos nos ver na narrativa, especialmente hoje.

Pode haver um paralelo interessante entre a construção de Babel e a construção de nossa Internet . Talvez a Internet seja nossa versão moderna da Torre de Babel.

Ou, em uma escala menor, talvez possamos nos ver como tentamos desobedecer ao plano de Deus para nossas vidas todos os dias. Como Jonas, fugimos de nosso chamado para Nínive. Mas Deus pode enviar peixes grandes para nos engolir e nos levar para Nínive de qualquer maneira.

9. Outras culturas adotaram a narrativa de Gênesis 11

Como a narrativa do dilúvio, elementos de eventos no Gênesis fizeram seu caminho nas histórias de muitas culturas.

Os sumérios, por exemplo, falavam sobre Etemenanki, um zigurate dedicado a Marduk.

Josefo cobre uma versão da narrativa da Torre de Babel em suas Antiguidades.

Obras pseudepígrafes como o Terceiro Apocalipse de Baruque e O Livro dos Jubileus têm versões dessa história.

10. Existem algumas evidências convincentes da existência da Torre

Escavações arqueológicas no que teria sido a cidade da Babilônia revelaram uma estrutura que poderia ter possíveis ligações com a torre original, como mencionado neste vídeo aqui, quando uma importante tabuinha espelhava aquela da narrativa bíblica. No entanto, o vídeo aponta para o responsável pela construção como Nabucodonosor II, o que vai contra a crença de que Ninrode iniciou a construção.

Mas mesmo que os arqueólogos ainda não tenham localizado a torre, eles descobriram evidências de zigurates (como o Zigurate em Ur ) cujas origens podem ser rastreadas até a Torre. Além disso, a existência de uma narrativa da Torre de Babel em outras culturas dá alguma influência com a possibilidade de a Torre ter existido historicamente.

Aqui está um vídeo de um Zigurate bem preservado .

No geral, podemos aprender com a história que o plano de Deus não pode ser impedido por obstáculos, nem mesmo grandes torres ou cidades. A arrogância e o orgulho humanos só podem durar algum tempo antes que Deus possa derrubar até as maiores torres. A Torre de Babel, uma estrutura em zigurate, nos ensina sobre os perigos de ir contra o plano e a ordem de Deus. Eventualmente, o plano de Deus teve seu caminho, e as pessoas experimentaram uma diversificação de línguas por causa de sua desobediência.

por: Hope Bolinger 

traduzido e adaptado por: Pb. Thiago D. F. de Lima

Deixe sua opinião


Mais conhecimento da Bíblia em menos tempo?
Não sei se você é uma dessas pessoas que tem dificuldades de entender a Bíblia. Eu já fui e sofri muito! Mas não me dei por vencido, não me deixei ser derrotado pelos inimigos. E você, como anda sua leitura da Bíblia? Seu entendimento? Que tal melhorar nessa área da sua vida espiritual, aprendendo a entender assuntos da Bíblia de forma simples e rápida, ajudado por quem já superou as mesmas dificuldades que você enfrenta? Clique aqui agora e pegue seu Manual de estudos exclusivo